COLINHA PARA FOTOGRAFIA MANUAL

Ter uma câmera fotográfica digital, seja point-and-shoot ou DSLR, não requere ter conhecimento de técnicas fotográficas, já que o modo automático já faz todo o trabalho. Mas para os amantes da fotografia, o divertido é justamente fazer a foto do seu jeitinho, ajustando o foco, diminuindo a velocidade ou aumentando o ISO; dar um toque seu na foto.

A maioria das pessoas acharia fotografia manual um bicho de sete cabeças, mas assim que você aprende a fotometrar e começa a praticar, nunca mais vai ter problemas em conseguir uma foto bem iluminada em quase qualquer situação.

Apresento-lhes, uma simples e divertida colinha para fotografia manual, feita por Miguel Yatco:

The Manual Photography Cheat Sheet

TRADUÇÃO

Como muitos devem ter dificuldades em entender inglês, realizei a tradução da tabela acima junto às notas explicativas que Miguel dispõe em seu post:

Exposição

  • Medidor de luz (EV = “Exposure Value”, em português “Valor de Exposição”) não é igual à configuração de exposição.
  • Tente manter seu medidor de luz em “0” (zero). Manter seu medidor de luz em “0” não significa que você terá a configuração perfeita pra sua foto. Apenas não fuja muito do equilíbrio. Teste e ajuste ao seu próprio gosto.
  • “Overexposed” significa que o EV é positivo, ou seja: suas fotos ficarão mais claras.
  • “Underexposed” significa que o EV é negativo, ou seja: suas fotos ficarão mais escuras.
  • As câmeras Nikon utilizam apenas as marcas de “+” e “-” para medir EV. Já as câmeras Canon utilizam “+1” ou “-2” para medir EV.

Abertura (Diafragma)

  • Números pequenos (como f/1.4) representam uma abertura maior, então mais luz entra pela lente. As fotos tiradas com essas lentes são mais claras e têm o fundo raso (em desfoque). Lentes 50mm são exemplo de lentes bem abertas.
  • Números grandes (como f/16) representam uma abertura menor. Menos luz entra. Tudo acaba ficando em foco. Um exemplo de lente escura é a Canon 75-300mm de f/4-5.6.

Obturador

  • Quando se vê “100”, “250”, “320” etc, no seu viewfinder significa “1/(número visto)” (“1/100”, por exemplo).
  • “Longer exposure”, em português “longa exposição”: obturador fica aberto por mais tempo, mais luz entra e a foto fica mais clara.
  • “Shorter exposure” já é o contrário: obturador fica aberto por menos tempo, menos luz entra e a foto fica mais escura.
  • Ao usar a configuração de exposição 1/60 ou menos, tente usar tripé ou alguma base estável para prevenir uma foto tremida.

ISO

  • ISO é a configuração de sensibilidade à luz.
  • Numeros mais baixos = menos sensibilidade à luz = mais definição nas fotos. (Usar esse tipo de configuração quando estiver à luz do dia, ou em estúdio com luzes muito fortes)
  • Numeros mais altos = mais sensibilidade à luz = mais granulação nas fotos. (Usar esse tipo de configuração à noite, ou em ambientes com pouca luz)
  • Uma boa dica para deixar uma foto de ISO alto boa é transformar a foto em preto e branco.
Nota: Os valores podem diferenciar de acordo com a lente e (ou) camera.

Bom, acho que, mais fácil que isso, só contratando um fotógrafo pra fazer por você! Se restarem dúvidas, não tenham medo de perguntar nos comentários, no twitter ou no facebook.

Muito obrigado à você que se interessou, e boa sorte em suas futuras aventuras fotográficas!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s